Como Melhorar A Tua Técnica De Guitarra E Tocar Limpo –Part 1

de Tom Hess

Queres melhorar a tua técnica de guitarra, tocando limpo, eliminando a maneira de tocar sujo e o indesejado ruído de cordas? Técnica desleixada de tocar guitarra é um problema muito comum. Muitos guitarristas já pediram soluções. Este artigo vai ajudar o teu tocar a ser limpo e melhorar a tua técnica de guitarra.

Existem 5 principais desafios que tocadores de guitarra eléctrica devem superar, a fim de aprenderem e dominarem a técnica de guitarra. Estes 5 desafios são divididos em 3 grupos:

1. Consciência
2. Sons que “queres” ouvir (as notas que estás tentando tocar limpo)
3. Sons que não queres ouvir (o som sujo que por vezes ouves, como o de ruído de cordas indesejado)

Hoje, vamos ver os dois primeiros grupos. Na parte 2 da série deste artigo, iremos focar o último grupo: desafios de técnica de guitarra.

Noção Focada - Muitos guitarristas não têm a plena noção de todas as suas imperfeições técnicas de guitarra. Alguns deles sentem que 'algo' pode estar errado, mas não estão certos acerca dos seus problemas técnicos específicos. É óbvio que não podes corrigir, eficazmente, um problema técnico. A não ser que saibas, com toda a certeza, do que se trata.

Existem 2 principais formas de abordagem a isto:

1. Grava-te, tocando uma técnica que pretendes melhorar. Ouve (cuidadosamente), a 25% -33% da velocidade, de modo a que seja mais fácil identificar eventuais notas pouco claras, excesso de ruído de cordas, sons ásperos entre as notas, inconsistência no ataque da tua palheta, etc. Tu podes ou não ser capaz de ouvir tudo sozinho (muitas pessoas simplesmente não podem ainda) e podes ou não ser capaz de identificar "correctamente" a causa de cada imperfeição presente na tua técnica de guitarra. Se consegues, óptimo! Mas, se não tiveres certeza, então...

2. Trabalha com um professor de guitarra para avaliar o teu modo de tocar e usa esse feedback para limpá-lo e para melhorares a técnica.   Um bom professor de guitarra não só vai ajudar-te a limpares o teu tocar de guitarra dizendo-te «o que fazer", mas também vai ouvir os problemas que podes não estar ouvindo quando tocas.

Se tens um ouvido excelente, deves ser capaz de identificar os pequenos detalhes do teu problema. Se não, trabalha com o teu professor de guitarra.

Articulação – A primeira Metade da Sincronização das Duas Mãos
O segundo passo para melhorares a tua técnica é te concentrares na tua articulação. A articulação é a primeira metade da sincronização das duas mãos. Para tocares guitarra limpo, é preciso que a tua mão do braço e a mão da palheta toquem cada nota, precisamente, ao mesmo tempo (simultaneamente).

Há 3 coisas críticas que precisas fazer para melhorar a tua técnica de guitarra:

  1. Usa um tom limpo quando treinas guitarra (sem distorção e sem efeitos!). Distorção e efeitos irão ofuscar quaisquer imperfeições na tua articulação, por isso, não treines com eles quando te focas na "Articulação" (as regras irão mudar quando falarmos no "soltar", na próxima secção).
     
  2. Toca alto o suficiente para que possas, eficazmente, ouvir o que está acontecendo enquanto tocas.
     
  3. Quando estiveres treinando algo lentamente, CERTIFICA-TE de que NÃO mudas NADA sobre como te aproximas e articulas cada nota. Facto é, que a maioria dos guitarristas tocam de uma maneira muito diferente quando tocam devagar, em comparação à maneira como o fazem quando tocam depressa. Se mudares alguma coisa na forma como articulas as notas (como tocar com toque mais leve, usar um ataque de palheta mais forte ou mais fraco, mudar a posição da tua mão, mudar o ângulo da palheta, etc.), não vais melhorar, totalmente, a tua técnica de guitarra. Isto porque o som que fazes quando tocas será diferente e, portanto, será mais difícil de detectar e identificar os eventuais problemas da tua articulação.

O Soltar – A Segunda Metade da Sincronização das Duas Mãos
O terceiro passo em direcção a um tocar de guitarra limpo é ‘o soltar'. Para a maioria dos guitarristas, "o soltar" é o problema mais difícil de detectar e corrigir. Isto geralmente acontece porque, uma vez articulada uma nota limpa, os guitarristas ignoram o que vem depois (pequenos e sujos ruídos entre as notas ou 2 notas que ligeiramente “sangram” juntas).

Treinar guitarra com um tom "limpo" (sem distorção) - como descrito acima, quando focalizando na articulação - quase sempre ofusca problemas na fase de soltar uma nota que foi tocada. É por isso que muitas pessoas pensam que o seu tocar soa bastante limpo, quando treinando sem distorção, mas sentem que algo está errado, quando mais tarde tocam com distorção... mas não têm a certeza sobre qual é o problema… ou pior, eles, na realidade, não ouvem o problema de todo (mas outras pessoas o fazem).É por isso que uma noção focada é tão crítico.

Eu uso múltiplos passos para ajudar os meus alunos a resolverem totalmente este problema (alguns dos quais não podem ser cabalmente demonstrados ou expressados num artigo). Contudo, aqui estão os passos absolutamente necessários para corrigir os problemas com "o soltar".

  1. Treina guitarra, agora COM distorção (mas SEM EFEITOS!). (Nota que este é o oposto do conselho que eu te dei acima, para identificar e corrigir problemas de"articulação").
     
  2. Mais uma vez, precisas tocar a tua guitarra alto o suficiente para ouvires com precisão o que sai do teu amplificador (outros ruídos no quarto podem encobrir as coisas subtis que precisas estar a ouvir).
     
  3. Treina lentamente (mas, como afirmado acima, não mudes nada na forma como articulas ou soltas uma nota, em comparação com o que fazes quando estás tocando rapidamente!).
     
  4. Procura ouvir qualquer ruído subtil entre as notas (provavelmente vais notar um "som áspero", mesmo antes de tocares a próxima nota). Se tens dificuldade em ouvir qualquer coisa, grava-te e, em seguida, ouve a gravação a 1 / 4 ou 1 / 3 da velocidade (eu garanto que vais ouvir este curto som áspero agora!)
     
  5. Agora que sabes o que escutar, provavelmente, vais notá-lo a todo o tempo e sempre que ouvires com muita atenção... ENTÃO, estás pronto para corrigir o problema...

Na realidade, pode haver vários motivos que fazem com que não toques limpo durante o soltar de uma nota na guitarra, mas a causa mais comum é esta:   quando soltas uma nota, provavelmente o teu cérebro está dizendo ao teu dedo para se 'levantar' (que faça um movimento ascendente de distância da corda que tocamos). Isto pode causar todo o tipo de maus problemas de técnica de guitarra (fadiga, tocar a velocidades mais lentas, tocar sujo... entre outras coisas).

A solução é impedir o teu cérebro de enviar instruções para os dedos se' levantarem 'a cada nota, em vez de simplesmente ' relaxarem '. Quando o teu dedo relaxa, natural e imediatamente, sem esforço, ele "solta-se" da nota que acabaste de tocar. Existem 2 principais benefícios que resultam disto:

  1. Porque o movimento é livre de esforço, podes tocar mais rapidamente e durante muito mais tempo, com maior facilidade.
     
  2. Porque o teu cérebro não dá ao dedo a instrução para fazer o movimento de 'levantar', isto realmente previne que o teu dedo se mova (ou que se prepare para mover) prematuramente (o que é uma das principais causas do sujo e “áspero som” que pode estar presente no teu tocar).

Agora, é muito importante perceber duas coisas. Primeira: podes resolver estes problemas e melhorar a tua técnica de guitarra.   Segunda: não vai acontecer durante a noite; isto vai levar algum tempo e necessita de um treino consistente (possivelmente ao longo de várias semanas ou mais). Mas os benefícios de ser capaz de tocar guitarra limpo merecem a paciência necessária.

Na parte 2 desta série de artigos iremos focar o último grupo de desafios técnicos de guitarra, para que tenhas todos os 5 elementos-chave que irão ajudar a melhorar a tua técnica e a tocar guitarra de modo limpo.

Se tiveres uma pergunta específica que gostarias que te respondesse, pergunta-me em http://asktomhess.net.
 

Learn about online guitar lessons.

© 2002-2014 Tom Hess Music Corporation